Entre em contato agora!!! WhatsApp:
+43 664.4633770

Quanto Tempo Demora

Quanto tempo demora processo?

Primeiro você deve reunir os documentos e prepará-los para depois desenvolver o processo no Brasil ou na Itália.

O tempo da reunião dos documentos vai depender das suas pesquisas e sorte. Algumas famílias são bem organizadas e têm as certidões guardadas, portanto devem solicitar segundas-vias dos documentos e isso demora somente algumas semanas. Já outras famílias devem ainda pesquisar para descobrir onde obter as certidões de nascimento, casamento e óbito dos parentes; e isso exige um tempo muito maior.

A preparação dos documentos depende onde será desenvolvido o processo, no Brasil ou na Itália. A preparação dos documentos para aqueles processos que serão desenvolvidos no Brasil é rápida. Já os processos que serão desenvolvidos na Itália exigem legalizações consulares e um agendamento de atendimento.

Os agendamentos de atendimentos para a legalização de documentos são feitos nos sites dos Consulados Italianos e as vagas estão disponíveis dentro de 30 dias. O problema é conseguir uma vaga de atendimento.

Outra questão que influencia o andamento do processo é o tempo dos serviços prestados pelos órgãos públicos italianos.

Os processos desenvolvidos no Brasil dependem dos Consulados Italianos e demora entre cinco e sete anos para reconhecer a cidadania italiana.

Os processos desenvolvidos na Itália dependem dos Consulados Italianos no Brasil e de um Comune na Itália. Os Consulados Italianos são competentes pelas legalizações dos documentos brasileiros e pelas respostas das Certidões de Não Renúncia. Já os Comuni Italianos são responsáveis pelo registro de residência e verificação de todos os documentos.

O tempo médio de desenvolvimento de um processo na Itália é entre três e seis meses.

Portanto o tempo total de um processo de reconhecimento da cidadania italiana vai depender e todas as etapas envolvidas:

– localização de todos os documentos;

– retificações judiciais (caso sejam necessárias);

– obtenção Certidão Negativa de Naturalização;

– tradução dos documentos brasileiros;

– legalização dos documentos brasileiros (para processos na Itália);

– registro da residência na Itália (para processos na Itália);

– resposta da Certidão de Não Renúncia à Cidadania Italiana (para processos na Itália);

– transcrição dos documentos na Itália;

– emissão dos documentos italianos (principalmente do passaporte).